>

Vale a pena “arriscar” e colocar uma rom alternativa no Android?

Em um mundo perfeito quando o Google lançasse uma nova atualização do Android ligaríamos nosso telefone e uma mensagem apareceria – Ei, atualiza ai mano, e nós como “desatentos” ou talvez pelo tempo que demoraria à atualizar colocaríamos “lembrar novamente em 4 horas” e assim continuaríamos apertando até não aguentar mais a mensagem e faríamos a atualização bravos pois depois de atualizado apareceria – seu telefone precisa ser reiniciado, deseja reiniciar agora?

Como não vivemos nesse mundo hoje o negócio é bem diferente, muitos usuários leigos procuram por atualizações alternativas para o Android pois em muitos casos ou a montadora não lançara uma versão mais nova do Android para seu telefone ou essa atualização sairá quando provavelmente você já estará trocando o telefone.

Eis que voltamos a grande questão “Vale a pena arriscar e colocar uma rom alternativa em nosso telefone”? Em muitos casos eu diria que sim, em alguns outros eu diria que não.

Vamos aos prós e contras:

Contras:

  • Perda da garantia* (em alguns casos é possível voltar a rom original caso necessite levar na assistência o telefone);
  • Dificuldade da atualização por usuários leigos;
  • Bugs encontradas em algumas versões alternativas;
  • Falta de suporte técnico;
  • Perigo de ganhar um peso de papel bem caro caso algo de MUITO ERRADO.

A Favor:

  • Tecnologia de “ponta”;
  • Funcionalidades melhores ou que antes não existiam em seu aparelho;
  • Melhoria no consumo da bateria* (depende da versão anterior e da estabilidade da nova versão);
  • Root quase que obrigatório;
  • Liberdade para usar e abusar do que quiser em seu aparelho;
  • Estar sempre “atualizado” e com os últimos lançamentos de software instalados em seu telefone;
  • Possibilidade de se gabar frente a seu amigo que não teve coragem de atualizar o telefone;
  • Ganhar conhecimento técnico;
  • Grande melhoria na usabilidade do aparelho e dos aplicativos instalados;
  • *** Caso o Android antigo de seu telefone seja inferior ao 2.1 uma grande EVOLUÇÃO em seu aparelho;

 Bom não sei muito bem o motivo que me levou a escrever para vocês este artigo, é que ontem eu resolvi “reviver” meu Milestone que têm problema no touch screen e passar a última atualização do Cyanogen7 nele que coloca o Android 2.3.5 no Milestone. Confira algumas screen shots de como ficou o celular com essa versão:

Telas do Milestone com Android 2.3.5 Cyanogen:

O que vocês podem perceber pelas telas é que existe uma grande melhora no “visual”  e também alguns programas, ou muitos, que não existem nativamente na versão anterior como:

  • Nova versão do Market;
  • Google Livros;
  • Pasta DEV com aplicativos essenciais para “hard users”;
  • Root;
  • entre outras coisitas.

Para mim como usuário com bastante conhecimento técnico na área posso dizer que faço sem medo esse tipo de atualização e quando digo sem medo quer dizer que eu tenho certeza que um dia posso perder o telefone por alguma besteira, ou por ter pulado um único passo dos tutoriais de atualização ou por ter acabado a força da casa quando estava usando o RSD ou coisa do tipo.

E você? Acha que vale a pena correr o risco?