Qualcomm lança novos processadores para notebooks e 5G ‘para todos’

Nesta quinta-feira (3) a Qualcomm anunciou durante a IFA 2020, feira de tecnologia em Berlim, na Alemanha, uma nova geração de processadores para notebooks chamada Snapdragon 8cx Gen 2 5G.Veja também: Intel lança a 11ª geração de processadores da família CoreNvidia revela GPU gigante RTX 3090 com suporte a 8K; confira os anúnciosMediaTek pede aos EUA autorização para fornecer chips à Huawei

O chip, baseado na arquitetura ARM, foi projetado para uso em portáteis “ultrafinos” e sempre conectados, que segundo a Qualcomm oferecem autonomia de bateria para até 25 horas de operação, o que se traduz em “múltiplos dias” de uso típico.

A empresa afirma que o novo chip tem ganhos de “desempenho e eficiência” em relação à geração anterior, porém sem entrar em muitos detalhes. Mas mostra uma comparação feita entre o 8cx Gen 2 5G e um processador Intel Core i5 da 10ª geração, onde seu chip tem desempenho 18% melhor em “desempenho total do sistema” e até 39% em “performance em produtividade por Watt”.Acer Spin 7. Foto: AcerOutras novidades no chip são “recursos aprimorados de IA”, o suporte a Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.1, a tecnologia de cancelamento de eco e supressão de ruído Qualcomm Aqstic e suporte a dois monitores 4K externos a 60 FPS. Apesar do 5G no nome, o Snapdragon 8cx Gen 2 5G não tem um modem integrado. Fabricantes podem optar por um modem LTE (X24) ou 5G (X55).

O primeiro notebook com o Qualcomm Snapdragon 8cx Gen 2 5G será o Acer Spin 7. Outros modelos devem ser lançados ainda neste ano. Os portáteis rodam uma versão do Windows 10 desenvolvida para a arquitetura ARM, mas que pode rodar os apps tradicionais escritos para PCs com processadores Intel graças a um emulador integrado.5G para as massasA Qualcomm também anunciou o desenvolvimento de novos chips da família 400, projetados para dar acesso às redes 5G aos 3,5 bilhões de usuários de smartphones em todo o mundo. Segundo a empresa os chips, que estarão disponíveis no início de 2021, serão “verdadeiramente globais”, suportando as mais de 80 redes 5G comerciais que já estão em operação em 35 países.”A plataforma móvel Snapdragon série 4- 5G é projetada para exceder as expectativas do segmento de massa, trazendo um conjunto de recursos predominantemente encontrados em aparelhos de gama média e alta para uma audiência mais ampla. Ela irá cumprir a promessa de tornar o 5G acessível para todos os usuários de smartphones”, disse Cristiano Amon, Presidente da Qualcomm.Empresas como a Motorola, Oppo e Xiaomi já expressaram seu interesse na nova plataforma. “A Motorola se esforça para trazer tecnologia mais inteligente para todos. Com a extensão da plataforma móvel 5G da Qualcomm para a série 4-, estamos posicionados para oferecer um portfólio mais completo de dispositivos 5G aos nossos consumidores, enfatizando nossa liderança no segmento 5G”, disse Sérgio Buniac, presidente da Motorola.Fonte: The Verge

Fonte: OlharDigital