Huawei anuncia Harmony OS 2.0 para seus smartphones de 2021

Já faz uns bons meses que a Huawei tem enfrentado uma difícil situação para continuar sua produção de smartphones e outros produtos devido ao bloqueio da empresa nos EUA. Entretanto a fabricante de smartphones chinesa não demonstra a intenção de desistir sem antes lutar com todas as suas forças. Em 2019 a companhia chegou a anunciar seu próprio sistema operacional, o Harmony OS, demonstrando a visão que ela tem para o futuro.
O primeiro vislumbre que tivemos do sistema operacional da Huawei foi na Honor Smart TV, em 2019. No final do ano passado, a empresa chegou a reforçar seus planos sobre o Harmony OS, entretanto os desenvolvedores fizeram com que a companhia repensasse a sua estratégia. Então, durante o HDC 2020, a Huawei anunciou a chegada do Harmony OS aos smartphones.
Huawei pretende estrear oficialmente o Harmony 2.0 em outubro de 2021 para seus smartphones
De acordo com a Huawei, o Harmony OS terá um SDK beta lançado até o final deste ano de 2020 e estreará oficialmente em outubro de 2021. Durante os anúncios feitos no evento de hoje, a principal temática foi o Harmony OS 2.0, que traz mudanças no barramento de software, gerenciamento de dados e segurança, além da implementação de um framework UX adaptável. A empresa espera que com esta atualização, o Harmony OS se torne open-source e os pacotes SDK, emulares e ferramentas IDE fiquem disponíveis ao público em breve.
O CEO da Huawei, Sr. Richard Yu, disse:
“A partir de 10 de setembro, o HarmonyOS está aberto para dispositivos IoT de 128 KB-128 MB, como smart TVs, wearables, carros e muito mais. Em abril de 2021, ele será aberto para dispositivos de 128 MB a 4 GB e, em outubro de 2021, o HarmonyOS será aberto para dispositivos acima de 4 GB.”
A Huawei tem planos para abrir o código de todo o Harmony OS através do projeto OpenHarmony. Através do programa da chinesa, a empresa pretende fazer com que os desenvolveres façam como é feito hoje com o Android. Esta será a estratégia inicial para tentar impulsionar a utilização do sistema operacional por diversos fabricantes.

Fonte: OficinaDaNet