INSS retoma atendimento presencial; perícias continuam suspensas

A partir desta segunda-feira (14) as agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltam a atender presencialmente em algumas das agências no país, mas somente para quem já tem agendado o atendimento. “As pessoas só devem ir às agências estando com agendamento prévio feito pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS”, canais pelos quais o segurado pode tirar suas dúvidas”, afirmou o presidente do INSS, Leonardo Rolim Guimarães, na última sexta-feira (11).
Cerca de 600 unidades estarão abertas (o instituto deu prioridade às maiores agências), o que representa menos da metade da rede de atendimento do INSS. O horário de funcionamento das agências será de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. A lista com a relação completa das unidades reabertas será divulgada ao longo da semana; o segurado, porém, pode consultar se a agência escolhida foi incluída na primeira fase de normalização dos serviços pelo app ou pelo número 135.
Aqueles que têm agendamento só entrarão nas agências usando máscara e respeitando os protocolos de reabertura, como distanciamento social e medição de temperatura na porta (segundo o INSS, não será permitida a entrada de pessoas com temperatura acima de 37,5 °C). Já que somente serão atendidos aqueles que têm horário marcado, o instituto pede que ninguém chegue com muita antecedência, como forma de não haver aglomerações ou filas.
O INSS pede aos segurados que cheguem apenas perto do horário agendado.Fonte:  Folha Imagem/Gustavo Roth/Reprodução
Perícias continuam suspensas
As perícias médicas agendadas continuam suspensas, depois de os médicos avisarem ao INSS que não retomarão as atividades até os consultórios das agências passarem por inspeções, comprovando sua adequação para atendimento ao público, respeitando os protocolos para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.
A Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), em nota, disse que apenas 12 das mais de 800 agências com serviço de perícia passaram na vistoria feita pela entidade. “Ainda tínhamos agências sem Equipamentos de Proteção Individual, dentre diversos outros problemas. Abrir apenas essas agências causaria potencial sobrecarga de demanda.”
Segundo o INSS, a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho vai realizar as inspeções das agências para que, “comprovando-se a adequação dos consultórios, a perícia retome o atendimento nessas unidades.” Quem tem agendamento para avaliação pericial deve desconsiderá-lo e remarcar novo dia e horário pelo aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135.

 

Fonte: TecMundo