Atualizações do Windows 10 forçam a instalação do novo Edge

Duas novas atualizações do Windows 10, a KB4576754 (para o Windows 10 versão 2004, 1909, 1903 e 1809) e a KB4576754 (para o Windows versão 1803) estão forçando a substituição da antiga versão do Microsoft Edge dos PCs dos usuários pela nova versão baseada no código-fonte do Google Chrome.Veja também: Falha grave no Windows permitia acesso de administrador a hackersWindows 10 agora permite o acesso a sistemas de arquivos do LinuxBitDefender bloqueia atualização do Windows 10 sob ameaça de vírus

Segundo a Microsoft, após a instalação das atualizações, que são automáticas, as seguintes mudanças são feitas no sistema:Um atalho para o novo Microsoft Edge será adicionado ao desktop. Se houver um atalho para a versão antiga do Edge, ele será substituído.Por padrão, a maioria dos protocolos associados ao antigo Microsoft Edge serão migrados para o novo Microsoft EdgeA versão antiga do navegador será “escondida” de partes visíveis do sistema. Isso inclui, configurações, aplicativos e quaisquer caixas de diálogo relacionadas a arquivos e protocolos.Tentativas de rodar a versão antiga do Edge serão redirecionadas para o novo EdgeDados da versão antiga do navegador, como senhas, favoritos e abas abertas, serão migrados para o novo Edge

A Microsoft vem há tempo se esforçando para remover o antigo Edge, baseado em um engine próprio chamado EdgeHTML, e substituí-lo pela versão baseada no Google Chrome. Do ponto de vista de segurança isso faz sentido: o antigo navegador não é mais mantido. Por inércia muitos usuários não procuram uma atualização, o que deixa uma porta aberta para ataques ao sistema. Por outro lado, ninguém gosta de uma atualização forçada de um aplicativo.Uma vez instaladas, as atualizações KB4576753 e KB4576754 não podem ser desinstaladas, e o novo Edge não pode ser removido usando o painel de controle. Segundo a Microsoft isso acontece porque “como o Windows oferece suporte a aplicativos que dependem da plataforma Web, nosso navegador da Web padrão é um componente essencial do nosso sistema operacional e não pode ser desinstalado”.

Apesar disso, ainda é possível remover o navegador usando a linha de comando e os comandos abaixo:cd C:Program Files (x86)MicrosoftEdgeApplication[versao_mais_recente]Installersetup.exe –uninstall –system-level –verbose-logging –force-uninstall

 

Fonte: OlharDigital