Instagram e Facebook sofrem instabilidade global devido à atualização de rede

Na tarde desta quinta-feira (17), os aplicativos Instagram e Facebook apresentaram instabilidade, o que levou usuários a reclamarem na rede social Twitter e levantarem a hashtag #Instagramdown. Segundo dados do site Downdetector, que recebe notificações de usuários que encontram problemas nas plataformas online, o Insta sofreu um pico de instabilidade por volta das 15h13 (horário de Brasília). O Facebook também recebeu várias reclamações no mesmo horário, mas o número registrado foi quase a metade em comparação com as reclamações da rede social de fotos.
De acordo com relatos de várias pessoas no mundo, o Instagram não estava atualizando a página principal (feed) e nem carregando vídeos. Apesar de não conseguir atualizar o app, o direct (mensagens diretas) estava funcionando. Enquanto isso, o problema com o Facebook era de que a plataforma mostrava uma mensagem de erro na página inicial.
No Brasil, 5.933 pessoas acessaram o Downdetector para comentar sobre os problemas no Instagram. As notificações para o Facebook no país foram 1.143 no mesmo horário. Confira os gráficos abaixo:

Por volta das 16h da tarde, o problema parece ter sido resolvido. “Hoje, mais cedo, algumas pessoas podem ter tido problemas para acessar nossa família de aplicativos devido a uma mudança de configuração de rede. A questão já está resolvida”, afirmou o Facebook ao site de notícias G1.

Mais de 20 mil pessoas só no Reino Unido foram ao Downdetector no horário de pico da instabilidade para relatar problemas com o Instagram. O Facebook também recebeu reclamações de mais de 6 mil pessoas relatando um “apagão total” da plataforma, segundo o site Mirror do Reino Unido.
A hashtag #instagramdown reuniu relatos de pessoas do mundo todo, com grande engajamento de usuários do Brasil, Reino Unido, Argentina e Estados Unidos. Como já era de se esperar dos perfis brasileiros no Twitter, a instabilidade gerou publicações engraçadas nas quais a maioria dos usuários dos aplicativos disse que, a princípio, achou que o problema era com a própria internet.
Fonte: Mirror, G1, DownDetector

Fonte: MundoConectado