Atualização do Google Pay torna interface de uso mais intuitiva

A carteira virtual oficial do Android, o Google Pay, ganhou uma atualização que torna sua interface de uso mais simples e intuitiva. A mudança ocorrerá automaticamente para todos os usuários do sistema operacional.Veja também: O que é e como funciona o Google PayGoogle testa cartão de débito próprio que se integra ao Google PayTransferWise ganha suporte do Google PayGoogle Pay agora aceita cartão de débitoGoogle Pay passa a aceitar pagamentos online com cartões de débito

Agora, os cartões cadastrados ganham destaque, enquanto as opções de cadastro de novos meios de pagamento ou de passes de transporte se separam em um menu flutuante.

A reorganização de opções como a adição de novos cartões e a configuração de meios existentes privilegia o uso prático da ferramenta, e não necessariamente do aplicativo. Isto se deve ao fato dos usuários não gastarem muito tempo dentro do software, uma vez que o acessam para cadastros de novos meios de pagamento e em momentos específicos de compra.Nova atualização do Google Pay torna a ferramenta mais prática para o usuário. Foto: Android Central/Divulgação Agora, o app também conta com uma opção de atalho para pagamentos rápidos pelo botão power do Android 11, que, ao ser acionado, reunirá diversas opções de acesso a ferramentas do sistema a um clique de distância do usuário. Esta dinâmica é extremamente eficiente para aplicativos como o Google Pay, que possuem uma função prática, sem grande interação por parte do usuário no cotidiano.

Sobre o Google PayO Google Pay foi lançado em 2015, ainda batizado como Android Pay, e foi um dos primeiros aplicativos nativos de um sistema operacional móvel a oferecer um serviço de carteira virtual para o usuário de smartphones. Desde então, os serviços de pagamentos digitais se tornaram muito mais presentes na vida dos usuários, com aplicativos de pagamento automatizados e transferências monetárias simplificadas.Este e outros aprimoramentos realizados em aplicativos nativos do Google são um esforço em tornar o Android ainda mais coeso. Na versão 11 do sistema, por exemplo, o botão de power vai reunir atalhos para apps nativos do sistema, que tornam seu acesso mais rápido e prático para  o usuário. A sensação de que a suíte de ferramentas é funcional e soma para a experiência de uso do usuário tem se mostrado muito importante para a fidelização dos consumidores, principalmente no mercado de aparelhos de topo de linha, aonde a competição é grande com versões modificadas do Android e com iOS do iPhone.Fonte: Android Central

 

Fonte: OlharDigital