Governo dos EUA aprova acordo do TikTok com a Oracle e Walmart

Trump aprovou o acordo do TikTok com a Oracle e Walmart
Isso significa que o app vai continuar a ser distribuído nos EUA
Esse acordo forma uma nova empresa, a TikTok Global, que conta com participação quase que majoritária estadunidense no conselho
As empresas terão participação de 20% (somadas) no TikTok Global
Ainda é necessário que esse acordo seja aprovado pelo governo da ChinaO presidente Donald Trump havia assinado uma ordem de restrição que retiraria o app TikTok do ar nos Estados Unidos. Esse novo decreto iria começar a partir de domingo, dia 20 de setembro. Um novo acordo da ByteDance – desenvolvedora do app -, com a Walmart e Oracle foi aceito pelo presidente. Isso vai postergar a vigência da licença no país.
O atual governo dos Estados Unidos está tomando diversas medidas para restringir o contato com empresas da China. As alegações para as proibições são coletas indevidas de dados. O TikTok é uma rede social de compartilhamento de vídeos curtos, desenvolvido pela ByteDance, que é chinesa. Ele foi uma das primeiras redes sociais orientais que fez muito sucesso no ocidente. Há algum tempo o presidente faz declarações informando que irá banir o app do país e a data limite era o dia 20 de setembro.

Uma possibilidade para que o app permanecesse no país era ser comprado por alguma empresa estadunidense. Assim, a participação não justificaria banir a rede social. Algumas propostas foram feitas, mas a decisiva foi da Oracle com a Walmart. Cada uma das duas gigantes terá uma participação diferente nas ações do TikTok. A Oracle terá 12,5%, em uma nova empresa, a TikTok Global, enquanto o Walmart terá 7,5%. Ao total, as empresas somam 20% de participação
Ou seja, o app será o mesmo, mas a empresa que fica por trás dele terá algumas modificações. Começando pelo nome, ele será TikTok Global, como mencionado. Fora isso, a participação de empresas estadunidenses nas ações estará mais presente. Outro fator é sua sede, que ficará no país governado por Trump. Além disso, quatro, dos cinco membros do conselho, são cidadãos dos Estados Unidos.
O TikTok será outra empresa, o TikTok Global, que terá quatro, dos cinco membros do conselho, estadunidenses
A Oracle garante que irá fornecer serviços de nuvem seguros, que vão suprir as atuais exigências relacionadas aos dados coletados pelo app. Ainda não há nenhuma decisão oficial por parte da China, uma vez que grandes vendas de propriedade intelectual chinesa precisa passar por aprovação do governo.
Ambas as empresas estadunidenses enviaram comunicados separados, informando sobre a participação na TikTok Global. O secretário de Comércio, Wilbur Ross, disse no sábado (19) que a proibição seria adiada para 27 de setembro às 23h59. Por enquanto, ainda é possível fazer o download do app normalmente, para os usuários que moram nos EUA. Ainda é necessário que alguns acordos sejam fechados para finalizar a compra.

Via: CNET

Fonte: MundoConectado