Huawei tem planos para lançar o Mate 40 globalmente

A Huawei irá lançar o Mate 40, na China, no próximo mês de Outubro, no meio de novas sanções dos EUA, particularmente restritivas, e com a mais que provável falta de componentes. No entanto, a empresa dá a impressão de ter tudo o que é preciso para lançar o Mate 40, também internacionalmente.
A empresa tem-se mantido silenciosa sobre a próxima geração de chips Kirin – aquele que deve ser encontrado em novos smartphones. Mas num vídeo publicado na semana passada na conta da Huawei Mobile no Reino Unido, um dos executivos, Richard Yu, garante aos fãs que o Mate 40 “chegará em breve” (implícito no Reino Unido, portanto, fora da China …).
No entanto, conforme relatado pelo pessoal do Huawei Central, a fabricante também passou a certificação de um smartphone (número de série NOH-NX9) com várias autoridades: NTBC, EEC Russia e Bluetooth SIG. Tudo indica que este é o número de modelo seja do Mate 40 Pro. Infelizmente, os documentos não detalham quaisquer dados sobre as características técnicas do smartphone.

Suposto Huawei Mate 40 Pro
Huawei Mate 40 será lançado globalmente
Segundo os rumores mais recentes, até três, ou quatro, variantes do Mate 40 estão planeadas: o Huawei Mate 40, o Mate 40 Pro, o Mate 40 Pro Plus e o Mate 40 RS. Os quatro modelos deverão oferecer um ecrã “Cachoeira” com margens bem curvas, com o (s) sensor (es) selfie a ficarem em furos no ecrã. Apenas o Mate 40 Pro deve beneficiar de um sensor duplo na frente. Todos os modelos devem ser alimentados pelo Kirin 1000 gravado no processo de 5nm.
Este chip foi de facto fabricado pela TSMC, mas com unidades limitadas, já que a empresa foi proibida pelos Estados Unidos de fornecer mais chips à fabricante, aós o dia 15 de Setembro. Daí as questões que frequentemente são colocadas, se a Huawei terá componentes suficientes para se dar ao “luxo” de lançar este produto globalmente.

Fonte: Noticias e Tecnologia