Samsung Galaxy M31: O SUPER BATERIA vale a pena comprar?

O Samsung Galaxy M31 tem como o seu maior atrativo a enorme bateria de incríveis 6000 mAh de capacidade, o que é sem sombra de dúvidas o seu ponto forte. Mas o que mais o aparelho oferece, e vale a pena comprá-lo? Vamos falar sobre o que ele tem de bom, de ruim, ver quais são os seus concorrentes na mesma faixa de preço e no final decidir se vale ou não a pena gastar cerca de R$ 1600 neste aparelho da Samsung!
Conheça as principais novidades do iOS 14
Os 5 melhores celulares da Samsung em 2020

Vale a pena comprar o Galaxy M31?

Samsung Galaxy M31
O Samsung Galaxy M31 se trata de um aparelho lançado neste ano, no dia 11 de Fevereiro para ser mais específico. Ele não tenta disputar com o mercado de aparelhos high-end, a não ser em um aspecto específico: a sua bateria.
Aproveitando o assunto da bateria, vamos falar um pouquinho sobre suas especificações técnicas (deixarei a lista completa logo abaixo): temos uma célula de 6000 mAh de capacidade com carregamento de 15W, para lidar com toda essa longevidade de bateria encontramos um chip Samsung Exynos 9611 com uma GPU Mali-G72 MP3. O sistema é o Android 10 (a atualização para Android 11 irá vir) em conjunto com a One UI 2, que é a customização que a empresa aplica sobre a interface original da Google.
Quando falamos de suas câmeras encontramos um conjunto óptico de 4 sensores: 3 dedicados a fotos e um dedicado a profundidade (famoso efeito desfoque ou Bokeh). O principal é um com PDAF e 64 MP f/1.8 e distancia focal de 26mm, o secundário é um UltraWide de 8 MP f/2.2 e distancia focal de 12mm, o terceiro é do tipo macro com 5 MP f/2.4 e o último é o sensor de profundidade com 5 MP f/2.2.
Samsung Galaxy M31StatusVerificadoData lançamento11/02/2020Preço de lançamentoR$ 1.799,00Menor preço históricoR$ 999,50Preço atualR$ 1.709,10CorpoDimensões159.2 x 75.1 x 8.9 mmPeso191 gConstruçãoPlástico na traseira, Vidro frontal (Gorilla Glass 3) e Frame em plásticoChipSingular (Nano-SIM) e Secundário (Nano-SIM)PlataformaProcessadorExynos 9611CPUOcta-core (4×2.3 GHz Cortex-A73 e 4×1.7 GHz Cortex-A53)GPUMali-G72 MP3Sistema operacionalOne UI 2 e Android 10MemóriasMemória RAM6 GBArmazenamento Interno128 GB e 64 GBArmazenamento ExtraUFS 2.1TelaTela – TipoSuper AMOLEDTela – Tamanho6.4Tela – Resolução2340 x 1080Tela – Densidade403 ppiTela – ProteçãoGorilla Glass 3Câmera principalCâmera principalPDAF e 64 MP, f/1.8, 26mm (wide), 1/1.72, 0.8µm2ª câmera8 MP, f/2.2, 12mm (ultrawide), 1/4.0, 1.12µm3ª câmera5 MP, f/2.4, (macro)4ª câmera5 MP, f/2.2, (depth)Câmera – ExtrasFlash LED, Panorama e HDRVídeo4K – 30 fpsCâmera frontalCâmera Frontal32 MP, f/2.0, 26mm (wide), 1/2.8Câmera Frontal – ExtrasHDRVídeo4K – 30 FPSBateriaBateria6000 mAhCarregador15WRedes de dados3GSim4GSim5GNãoWi-Fi802.11 a/b/g/n/acBluetooth5.0, LE e A2DPGPSA-GPS, GLONASS, BEIDOU e GALILEONFCNãoSomSomLoudspeaker3.5mm jackSimOutrosRádio FMSimUSB2.0 e Tipo-CInfravermelhoNãoSensoresGiroscópio, Impressão digital (traseira), Proximidade, Bússola e AcelerômetroTV DigitalNão

Pontos fortes do Galaxy M31
Agora que você já deu uma olhada nas especificações técnicas do Samsung Galaxy M31, vamos ver quais são os seus pontos fortes.
Tela
Um ponto que curti bastante no aparelho foi a sua tela, além de ser bem generosa em tamanho com suas 6.4 polegadas, ainda conta com um painel Super AMOLED de 403 PPI e resolução 2340 x 1080, ou seja, Full HD com aspecto 18:9.

Tela do M31 é Super AMOLED Full HD 18:9
Apesar de ter um pouco de saturação demais quanto utilizando o perfil vívido de cores e um pouco de saturação de menos quando utilizando o perfil natural, a tela é um ponto legal do aparelho. O fato de poder utilizar um True Dark Mode e Always On Display pra mim já é um ponto positivo, além disso estamos falando de um aparelho intermediário que custa na faixa dos R$ 1600.
Bateria
Sem sombra de dúvidas o seu ponto mais forte é sua gigante bateria de 6000 mAh, sem sombra de dúvidas a maior do segmento em território brasileiro. A mesma deve levar o celular por no mínimo dois dias de uso regular e quem sabe até um terceiro dia, ainda mais se você ativar o modo econômico do aparelho. A única coisa que faço ressalva é seu carregamento de apenas 15W, dar uma carga completa deve demorar um bom tempo.
Caso você queira saber como preservar melhor sua bateria durante o uso, assista esse vídeo que fizemos sobre o assunto:
Ficar equilibrado na mesa
Uma das coisas mais irritantes que acontece com vários celulares modernos – principalmente os lançados no último ano – é que o “degrau” da câmera está ficando cada vez maior, e com isso fica quase impossível utilizar alguns aparelhos em cima da mesa quando você está com a mão molhada, por exemplo.

O bump é pequeno o suficiente para não atrapalhar o uso
Felizmente o famoso bump é reduzido no M31, o que significa que você consegue utilizar o celular sem problema algum em cima da mesa e ele não fica sambando pra lá e pra cá toda vez que você toca na tela.

Onde o Galaxy M31 peca?
Claro que mesmo com os pontos positivos apresentados acima, o Samsung Galaxy M31 ainda tem os seus pontos fracos, então vamos sobre eles.
Som
Um dos aspectos que notei de cara ao assistir o primeiro vídeo no aparelho foi o seu som – ou a falta dele. Não estou falando de volume, ele até que é alto e isso não deve ser uma preocupação, mas no resto acaba por pecar bastante.

O alto-falante é mono e tem pouca definição, pelo menos compensa no volume
Além de não oferecer som estéreo – ou seja, só sai só de um lado do telefone – o mesmo falta profundidade e detalhamento, o que acaba prejudicando bastante o consumo de conteúdo como vídeos e séries de boa qualidade.
Construção Externa
Por ser feito quase que completamente em plástico, a construção externa do Galaxy M31 foi onde a Samsung resoolveu cortar gastos, e assim este aspecto do aparelho acaba caindo como um de seus pontos fracos.

A construção externa do aparelho é quase toda em plástico, com exceção da tela
Claro que na parte frontal ainda encontramos vidro do tipo Gorilla Glass 3 (que não é o mais resistente, mas bom igual), e a grande maioria das pessoas irão utilizar uma capinha no celular de qualquer forma, o que reprime um pouco o aspecto de sensação de ser um aparelho simples quando pegamos ele na mão. Não se enganem, ele não tem nenhum problema de construção, mas não é seu ponto forte.
Concorrentes
Seus concorrentes variam de R$ 1500 a cerca de R$ 1800, claro que esses valores mudam de acordo com o dia e loja que você procurar, mas todos os aparelhos abaixo citados ficam basicamente na mesma área que o M31.
Xiaomi Redmi Note 9s
O primeiro aparelho que gostaria de mencionar em seus concorrentes é o Xiaomi Redmi Note 9s, ele conta com muitos pontos positivos como por exemplo seu conjunto de câmeras que é um pouco melhor que o M31 e sua performance que também é relativamente melhor. Em fraquezas contra o M31 seria a sua tela que é do tipo IPS e sua bateria que é menor que o aparelho da Sammy.
Motorola Moto One Fusion+
O One Fusion Plus foi lançado em Junho deste ano e fica no limite superior de preço quando comparado ao M31, vindo a R$ 1799 no momento. Seu Snapdragon 730 também oferece mais performance que o chip Exynos do Galaxy e sua construção externa também é um pouco superior. Em negativos temos a tela IPS e a bateria com 1000 mAh a menos.

Samsung Galaxy A51
O A51 é um aparelho que tenta se localizar entre o meio termo dos telefones intermediários e intermediários-premium, ele traz alguns aspectos dos modelos premium da categoria enquanto que outros ficam mais de lado, além disso ele também é o aparelho mais antigo da lista, com seu lançamento em Dezembro de 2019 e já sofrendo bastante da desvalorização. Tanto o processador quanto a tela são os mesmos, porém o A51 tem uma construção um pouquinho mais bonita e também é mais leve, parte disso vem de sua bateria muito menor em relação ao M31.

Faixas de preços
Ok, agora que você viu os benefícios, pontos fracos e competidores, vamos as faixas de preços que considero ou desconsidero a compra do Samsung Galaxy M31.
Peço que quando considerarem o preço atual em meio a pandemia, levem em consideração uma flutuação de pelo menos R$ 200 para cima ou baixo. Falar de preços atualmente está complicado, mas vamos lá. Lembrando que estamos considerando somente o preço do aparelho em território nacional, com garantia e suporte oficiais da marca.
Por quanto não vale a pena: Qualquer preço acima de R$ 1850 acredito que o aparelho peerca todo o seu louvor, mesmo com tanta bateria.
Faixa vale a pena: Entre R$ 1500 a R$ 1800: nesta faixa de preço acredito que o M31 vale o que cobra.
Faixa vale muito a pena: Se você encontrá-lo abaixo dos R$ 1500 pode ter certeza que vai ser um ótimo aparelho pelo preço, valendo muito a pena.
Processador: Exynos 9611CPU: Octa-core (4×2.3 GHz Cortex-A73 e 4×1.7 GHz Cortex-A53)Sistema operacional: One UI 2 e Android 10Memória RAM: 6 GBArmazenamento Interno: 128 GB e 64 GBTela – Tipo: Super AMOLEDTela – Tamanho: 6.4Tela – Resolução: 2340 x 1080Tela – Densidade: 403 ppiTela – Proteção: Gorilla Glass 3Câmera principal: PDAF e 64 MP, f/1.8, 26mm (wide), 1/1.72, 0.8µm2ª câmera: 8 MP, f/2.2, 12mm (ultrawide), 1/4.0, 1.12µm3ª câmera: 5 MP, f/2.4, (macro)4ª câmera: 5 MP, f/2.2, (depth)Câmera Frontal: 32 MP, f/2.0, 26mm (wide), 1/2.8Bateria: 6000 mAhCarregador: 15W
Samsung Galaxy M31 – Ficha técnica completa

Samsung Galaxy M31 Azul 128GB, 6GB RAM, Tela Infinita de 6.4, Câmera Traseira Quádrupla, Leitor Digital, Octa Core e Android 10.0

R$ 1.709,10
Ver oferta

Samsung Galaxy M31 128GB Dual Chip Android 10.0 Tela 6.4 Octa-Core 4G Câmera Quádrupla 64MP+8MP+5MP+5MP – Rosa

R$ 1.709,10
Ver oferta

Samsung Galaxy M31 128GB Dual Chip Android 10.0 Tela 6.4 Octa-Core 4G Câmera Quádrupla 64MP+8MP+5MP+5MP – Preto

R$ 1.709,10
Ver oferta

 

Fonte: OficinaDaNet