Site mostra como rodar Super Mario 64 no Android sem emulador

O site XDA Developers, conhecido pela divulgação de notícias mais técnicas do universo tecnológico, conta com um fórum onde um de seus usuários criou um método que permite ao internauta rodar o jogo “Super Mario 64”, da Nintendo, sem a necessidade de um emulador específico instalado no smartphone.Veja também: Nintendo tenta tirar do ar versão de Super Mario 64 para o PCFã cria versão de Super Mario 64 para computadorJogador termina ‘Super Mario 64’ em menos de 7 minutos e bate recorde mundialDesenvolvedor ensina inteligência artificial a jogar ‘Super Mario 64’

O ato de emular um jogo consiste em usar um software que “imite” as capacidades de uma plataforma específica – neste caso, o console Nintendo64. Há um extenso debate sobre a emulação ser ou não uma forma de pirataria, mas o consenso é o de que ela está londe de oferecer a experiência mais fiel de um jogo.

Imagem do jogo Super Mario 64. Divulgação/NintendoO XDA Developers argumenta que, por mais útil que ela seja, a emulação nunca vai ter o mesmo desempenho e escalabilidade de um arquivo executado em sua plataforma original, o que levou um dos membros do fórum do canal a criar uma ROM (“Read-only Memory”, o arquivo de um jogo a ser emulado) compatível com uma base de códigos C.O site apresenta um tutorial que, recomenda-se, seja destinado apenas a usuários mais técnicos.

Nintendo x emulação: uma guerra sem fimA japonesa Nintendo é notoriamente contra a reprodução de qualquer propriedade intelectual que possua fora de plataformas que a própria empresa tenha licenciado. Por essa razão, a marca tem a fama de ser “linha dura” com empreendimentos do tipo, comumente ameaçando de processos judiciais e ordenando a desistência e abandono de qualquer projeto paralelo.O caso mais notório ocorreu em julho de 2018, quando a empresa moveu ações contra dois sites amplamente conhecidos pela comunidade de emuladores, acusando-os de violações de propriedades intelectuais restritas. Os sites LoveRetro.co e LoveROMS foram os alvos. O primeiro foi imediatamente derrubado pelas autoridades, enquanto o segundo foi mais rápido e removeu todas as ROMs pertinentes a qualquer plataforma da história da Nintendo de seu catálogo.Recentemente, a Nintendo lançou o jogo “Super Mario 3D All-Stars” para o Switch (veja o trailer do jogo acima): a novidade é uma compilação atualizada de gráficos e sons de jogos antigos da empresa para os padrões atuais. Com ele, é possível jogar “Super Mario 64”, “Super Mario Sunshine” e “Super Mario Galaxy” em alta resolução e com algumas atualizações. Mas talvez por uma ironia do destino, a Nintendo disponibilizou os jogos atualizados… por emulação, já que o Switch tem recursos para imitar as plataformas originais, além de aprimorar a qualidade audiovisual de alguns títulos.Fonte: XDA Developers / Polygon

 

Fonte: OlharDigital