ByteDance não terá participação em novo TikTok Global, diz Oracle

No último domingo (20), o presidente americano Donald Trump aprovou o acordo entre Oracle, Walmart e a ByteDance para o controle do aplicativo TikTok. Porém, os relatos apontavam que a empresa chinesa continuaria com 80% do controle da rede social. Agora, a Oracle divulgou um comunicado afirmando que a ByteDance não terá nenhuma participação no novo TikTok Global.Veja também: Discrepâncias entre Oracle e ByteDance podem ameaçar TikTok nos EUAInternet Society critica proibição do TikTok e WeChat nos EUATrump aprova acordo e adia veto do TikTok nos Estados UnidosOracle é escolhida pelo TikTok para parceria

“Após a criação da TikTok Global, a Oracle/Walmart fará seu investimento e as ações da TikTok Global serão distribuídas aos seus proprietários. Os americanos serão a maioria e a ByteDance não terá propriedades da TikTok Global”, destacou a empresa. Essa declaração segue o que Trump falou a repórteres na segunda-feira (21). Segundo o presidente, a China seria obrigada a ceder o controle do app para que o negócio fosse concluído.

Mesmo com as movimentações recentes, ainda há dúvidas sobre a operabilidade do TikTok nos Estados Unidos. Isso porque ainda é preciso que o governo da China aprove o acordo. Em agosto, uma mudança na lei de controle de exportação impôs a necessidade de o governo local aprovar a transação.Apesar disso, a proposta feita pela Oracle e pelo Walmart foi apresentada com a intenção de evitar esses controles. Com isso, não está claro se os chineses vão aprovar o acordo ou tomarão medidas adicionais para evitá-lo.Oracle afirma que ByteDance não terá participação em novo TikTok. Foto: Jen123/Shutterstock

Por outro lado, a aprovação do acordo por parte de Trump ainda não acaba com os problemas do TikTok no país. A ação apenas adiou por mais uma semana o prazo que se encerraria no dia 20. O presidente deve retirar formalmente as ordens de bloqueio até o fim da semana, para daí o aplicativo estar totalmente livre para funcionar no país.Oracle terá acesso ao código-fonte do TikTokA chinesa ByteDance dará acesso ao código-fonte do TikTok à Oracle. O aplicativo chinês foi quase banido pelo governo Trump no domingo (20), mas teve seu veto temporariamente adiado graças ao aval a um acordo entre a Oracle e o Walmart para administrar o TikTok.Agora, os EUA querem garantir que não haverá acesso aos dados dos norte-americanos por backdoors, os quais permitiriam ao governo chinês ou a outras entidades do país qualquer tipo de espionagem. A condição foi oferecida pela própria ByteDance, em um esforço para mostrar que existe segurança no uso do aplicativo de vídeos curtos.Via: The Verge

 

Fonte: OlharDigital