Na Índia, Xiaomi venderá celulares em uma van para população rural

A Xiaomi anunciou a estruturação de um modelo bastante pitoresco de vendas para o mercado indiano: a fabricante chinesa deve inaugurar uma espécie de “loja itinerante”, onde oferecerá vários de seus produtos por meio de vans que cobrirão rotas rurais no país do sul asiático.Veja também: Xiaomi pode lançar smartphone barato e com câmera de 108 MPXiaomi investe no mercado fitness com esteira compacta dobrávelXiaomi Mi Health agora mede frequência cardíaca com câmera do celularAndroid 11 agora é oficial para celulares Pixel, Xiaomi, Oppo e maisXiaomi trabalha em mais uma televisão transparenteCom 5G, Xiaomi Mi 10 Ultra pilota carro a quilômetros de distância

A chamada “Mi Store on Wheels” (literalmente, “Mi Store sobre Rodas” ou, na sigla da empresa, “MSoW”) oferecerá não apenas smartphones da fabricante chinesa, mas também contará com ofertas de fones de ouvido, baterias externas (powerbanks), câmeras de vigilância, óculos de sol e até televisores smart. A ideia é tirar proveito das “haats” semanais – nome atribuído a grandes feiras abertas realizadas na zona rural da Índia.

Mi Store on Wheels: novo modelo de vendas da Xiaomi na Índia prevê a oferta de smartphones, televisores, fones de ouvido e vários produtos em uma van. Imagem: Reprodução/Gizmochina“As lojas MSoW serão totalmente seguras para os consumidores visitarem”, afirmou Muralikrishnan B, COO da Mi India, em relação às preocupações com a Covid-19. “Com essa nova iniciativa e a mais ampla rede de marca única de varejo, nós estamos determinados a atingir as áreas mais remotas do país e chegar aos consumidores que mais necessitam, levando a experiência de uma Mi Store aos seus bairros.”A medida busca manter e ampliar a posição de liderança da Xiaomi no mercado indiano. Segundo a agência de notícias Bloomberg, apesar de um amplo sentimento “anti-China” – em muito alavancado pela guerra comercial do país asiático com os Estados Unidos -, a fabricante foi capaz de assegurar o primeiro lugar no ranking de empresas de smartphones, mesmo com a Índia apresentando uma crescente rejeição a aparelhos vindos da China.

Atualmente, a Xiaomi conta com cerca de 8 mil parceiros comerciais preferenciais na Índia, sendo 4 mil grandes varejistas e 3 mil lojas próprias.Fonte: Bloomberg

Fonte: OlharDigital