Novas baterias da Tesla chegarão somente em 2022, avisa Elon Musk

O CEO da Tesla, Elon Musk, adotou uma postura levemente conservadora às vésperas do “Battery Day”, evento programado para esta terça-feira (22). Nele, especula-se que a empresa mostrará novos tipos de bateria, aprimoradas e com melhor desempenho, para seus carros elétricos. Por meio de seu perfil no Twitter, o executivo afirmou que quaisquer produtos mostrados na ocasião serão protótipos e não entrarão em produção até 2022.Veja também: Tesla pode ter assinatura mensal do Autopilot em breveO que esperar do ‘Dia da Bateria’ da TeslaVídeo mostra progresso na construção de fábrica da Tesla em Berlim

O executivo, na última semana, não conseguiu evitar de “aumentar o hype” do evento, como diz a expressão. “Aviso importante sobre o Tesla Battery Day. Isso [o evento] trata da produção a longo prazo, especialmente para o Semi, Cybertruck e Roadster, mas o que nós anunciarmos não atingirá produção de alto volume até 2022”, disse enquanto mencionava quais veículos da sua montadora seriam mais impactado pelos anúncios.

O CEO da Tesla, Elon Musk. Foto: Phillip Pacheco/Getty ImagesImportant note about Tesla Battery Day unveil tomorrow. This affects long-term production, especially Semi, Cybertruck & Roadster, but what we announce will not reach serious high-volume production until 2022.— Elon Musk (@elonmusk) September 21, 2020Musk ainda dedicou mais alguns tuítes para explicar o motivo da cautela. Segundo ele, é bem mais difícil de lidar com o processo de criação de uma bateria do que com a bateria em si. Ou, nas palavras dele, “a máquina que faz a máquina é amplamente mais complicada do que a máquina em si”. Isso ressoa com especulações de que a Tesla pode anunciar, mais tarde, um modelo de bateria de fabricação própria, supostamente com maior duração e melhor desempenho do que os modelos atuais.

Antecipando esse tipo de previsão na mídia, Elon Musk finalizou os avisos ressaltando que, ainda que atinja a autonomia da produção de baterias, a Tesla continuará comprando células de seus parceiros comerciais: “Temos a intenção de aumentar, não diminuir, as compras de células de baterias da Panasonic, LG e CATL (e possivelmente, outros parceiros também).Entretanto, mesmo com nossos fornecedores trabalhando em velocidade máxima, nós ainda antecipamos faltas significativas [de estoque] em 2022 e além, a não ser que nós mesmos também tenhamos nossas ações.”Vale citar: em 2018, “falta de células em estoque” da Panasonic foi a razão dada por Musk pelo atraso na produção do Tesla Model 3.We intend to increase, not reduce battery cell purchases from Panasonic, LG & CATL (possibly other partners too). However, even with our cell suppliers going at maximum speed, we still foresee significant shortages in 2022 & beyond unless we also take action ourselves.— Elon Musk (@elonmusk) September 21, 2020The extreme difficulty of scaling production of new technology is not well understood. It’s 1000% to 10,000% harder than making a few prototypes. The machine that makes the machine is vastly harder than the machine itself.— Elon Musk (@elonmusk) September 22, 2020O Tesla Battery Day será exibido ao vivo pelo YouTube, no canal oficial da empresa e de portais de notícia norte-americanos, a partir das 17:30 (horário de Brasília).Fonte: The Verge

Fonte: OlharDigital