Xiaomi pode lançar smartphone barato e com câmera de 108 MP

Recentemente, rumores apontaram que a Xiaomi começou a trabalhar em dois aparelhos com câmeras potentes – de 108 MP e 64 MP -, mas que poderiam ser lançados por preços acessíveis. Agora, ao que parece, novas informações apareceram e mostram que esses podem ser o plano da empresa. Veja também: Xiaomi tem esteira portátil para quem quer se manter fitXiaomi Mi Health agora mede frequência cardíaca com câmera do celularGravador de chamadas do Google pode chegar aos smartphones da XiaomiAndroid 11 agora é oficial para celulares Pixel, Xiaomi, Oppo e mais

Em uma postagem na Weibo, rede social bem popular na China, um usuário compartilhou alguns detalhes do que seriam os nomes de desenvolvimento dos dois modelos. De acordo com o vazamento, os aparelhos foram batizados de ‘Gauguin’ e ‘Gauguin Pro’.

Aparelhos foram batizados de ‘Gauguin’ e ‘Gauguin Pro’. Foto: Weibo/ ReproduçãoAnalisando o nome, faz sentido que o modelo ‘Pro’ seja o smartphone com a câmera de 108 MP – que já apareceu anteriormente em aparelhos Xiaomi, como é o caso do Mi Note 10.Ao comentar o vazamento, o site GSMArena acredita que o ‘Gauguin Pro’ será um dos aparelhos com câmera de 108 MP mais baratos do mercado, já que deve fazer parte da linha Redmi, conhecida por ter preços mais baixos.

Apesar da revelação de existência dos novos smartphones, não há menção às características técnicas e nem qual nome os aparelhos devem receber quando chegarem ao mercado. Mesmo assim, novas informações podem surgir em breve.Xiaomi no mercado fitnessEm tempos onde se manter em forma significa fazer exercícios em casa, a WalkingPad, subsidiária da Xiaomi, desenvolveu um gadget para o segmento fit que promete entregar ao usuário final a mesma experiência de uma esteira tradicional em um aparelho mais simples e compacto.O objetivo da fabricante é oferecer uma solução mais barata para quem precisa de um equipamento desse tipo, mas não tem espaço de sobra para se exercitar. Denominado URevo U1, o aparelho sai por U$ 190 (cerca de R$ 1 mil) na China.O produto aposta em um conceito minimalista. Assim que abrir a caixa, o usuário já pode começar a se exercitar sem qualquer procedimento extra de instalação. Para monitorar a rotina de exercícios, o dispositivo conta com um pequeno display de LED responsável por mostrar em tempo real parâmetros como velocidade e queima de calorias.Design compacto facilita o uso do dispositivo em espaços reduzidos. Créditos: Xiaomi/DivulgaçãoQuem prefere um ritmo mais rápido, pode ajustar a esteira para atingir diferentes velocidades que vão até seis quilômetros por hora. Para os iniciantes, o aparelho possui um modo com ritmo mais leve que atinge três quilômetros por hora.Via: GSMArena

Fonte: OlharDigital