Andorid 11 está chegando as TVs com foco em recursos de mídia

Após o lançamento da versão estável do Android 11 nos smartphones, a Google começa a atualizar as televisões para a nova versão do sistema operacional. Com a atualização os dispositivos com a Android TV irão receber alguns recursos presentes nos celulares e algumas melhorias que visam deixar melhor a utilização das televisões.
Além da atualizações de segurança, o update trás suporte a novos controles para usuários do Google Stadia.
Porém a grande parte da nova atualização não está focada em recursos, mas sim em melhorias básicas da plataforma, principalmente de desempenho, através do gerenciamento aprimorado de memória.
Assim como nos smartphones a atualização também teve um foco grande na segurança e privacidade dos usuário, trazendo novas permissões únicas e a opção de mutar o microfone físico.
Veja os dispositivos que utilizam a Android TV.
Créditos: Divulgação Xiaomi
Na questão de multimídia a Google está implementando o modo Auto Low Latency e decodificação de mídia de baixa latência, trazendo uma melhoria para a experiência para o usuário que vai consumir conteúdos nas smart tvs. Foi adicionado um novo Turner Framework e a implementação ao suporte ao HAL de HDMI CEC.
Um suporte melhor para controles de jogos foi adicionado a Android TV. Assim como também aconteceu com os celulares, os dispositivos atualizados para o Android 11 agora suportam nativamente o controle Pro do Nintendo Switch, através do Bluetooth e USB, e o Steam Controller, através do USB.

Esse suporte a diferentes controles vem se tornando cada vez mais importante para os usuários, com o aumento dos serviços de streaming de jogos, toda TV com Android TV podem rodar jogos de última geração. Para a Google isso é muito bom, visto que seu serviço de jogo por streaming ainda é o único disponível para Android TV.
A Google informou que vem trabalhando com os fabricantes para lançar a atualização para os dispositivos que utilizam o Android TV nos próximos meses. Via: XDA-Developers Fonte: Android

Fonte: MundoConectado