Jogos via streaming: conheça as diferenças entre os principais serviços

Stadia, GeForce Now, xCloud e agora Luna. Cada vez mais serviços de streaming de jogos estão disponíveis (ao menos nos EUA), e a batalha pelo bolso dos jogadores está se tornando mais acirrada. Todos prometem a mesma coisa: permitir que você jogue os games mais quentes do momento, onde estiver, com o hardware que quiser, sem necessidade de um “PC Gamer” ou um novo console. Basta uma conexão rápida à internet.Veja também: Serviço de streaming de vídeo da Samsung chega aos smartphones GalaxyMicrosoft libera streaming de jogos do Xbox One para celulares AndroidStreaming do Xbox não tem suporte a Android TV e Chrome OS

A forma como fazem isso varia, e o catálogo de jogos e recursos oferecidos também. Por isso elaboramos este rápido guia explicando as principais opções no mercado e como funcionam. Assim, quando eles inevitavelmente chegarem ao Brasil, você estará preparado para fazer a melhor escolha.

Google StadiaO serviço do Google foi o primeiro a chegar ao mercado, lançado em novembro de 2019. Disponível em 14 países (Bélgica, Canadá, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia, Reino Unido e EUA), ele tem um catálogo de 88 jogos, que podem ser acessados em PCs com Windows ou Linux, Macs, ChromeOS, dongles Chromecast Ultra e alguns smartphones Android.São duas modalidades de assinatura. Na gratuita, você pode “comprar” jogos e jogá-los via Streaming onde estiver, sem taxas extras. Já no Stadia Pro o usuário paga US$ 9,99 mensais, e tem acesso a um catálogo de jogos renovado constantemente, sem custo adicional. Os jogos estarão disponíveis enquanto o jogador mantiver sua assinatura.Outra vantagem dos usuários do plano Pro é a qualidade de imagem: assinantes podem jogar em 4K, enquanto que quem usa o plano gratuito e compra os jogos individualmente é limitado a 1080p (Full HD). Obviamente, uma resolução mais alta exige uma conexão à internet mais veloz.

O Stadia Controller.O Google oferece um gamepad específico para o serviço, chamado Stadia Controller, que se conecta diretamente aos seus servidores via Wi-Fi, para reduzir a latência nos comandos. Mas ele não é necessário, e o jogador pode usar qualquer controle moderno (como de PC, PS4 ou Xbox One) conectado via Bluetooth ao PC ou smartphone.Segundo o Google, os desenvolvedores poderão criar jogos que tiram proveito de recursos específicos do serviço, como maior capacidade de rede, inteligência artificial ou processamento gráfico, embora por enquanto nenhum destes exclusivos tenha sido anunciado ou esteja disponível.Nvidia GeForce NowO serviço de streaming da Nvidia foi lançado em fevereiro deste ano e tem uma proposta diferente. Ele se conecta a serviços como o Steam (da Valve), Origin (EA), Epic Games Store (Epic) e UPlay (Ubisoft), e permite que você jogue via streaming os games que já adquiriu, seja num PC, Mac, Nvidia Shield, Chromebook ou Smartphone Android.Ou seja, em vez dar acesso a um catálogo “estilo Netflix” com vários títulos, a mensalidade do GeForce Now (US$ 5 mensais) cobre apenas o serviço de streaming em si. Você ainda precisa comprar os jogos em sua loja favorita.GeForce Now: os jogos que você já tem, em qualquer lugar.A vantagem é que se você cancelar o serviço, continua com os jogos em sua biblioteca, e eles podem ser instalados no PC. O sistema de sincronização de saves das plataformas significa que você pode começar um jogo no PC e terminar mais tarde no smartphone, continuando exatamente do ponto onde parou. Os jogos rodam em 1080p a 60 fps.No momento o GeForce Now é o serviço com o maior número de títulos suportados: são mais de 2.000. Um ponto atraente é que não é preciso pagar para jogar. Se você já tem um jogo suportado, pode criar uma conta gratuita e experimentar o serviço em sessões de até uma hora cada.O GeForce Now está disponível nos EUA, Europa, Coréia do Sul e Japão.Microsoft Game Pass Ultimate Streaming (xCloud)O serviço da Microsoft é o mais caro, custa US$ 14,99 mensais. Mas além do streaming, com acesso a mais de 100 títulos, também inclui a capacidade de instalar os jogos em seu Xbox One, conteúdo exclusivo em jogos de parcerios e acesso aos jogos dos estúdios da Microsoft (como Halo) no dia do lançamento.Por enquanto só é possível fazer o streaming dos jogos para um smartphone Android, e você vai precisar ou de um controle de Xbox One com Bluetooth integrado ou de um gamepad Bluetooth compatível, como o Razer Kishi.xCloud: mais de 100 jogos de XBox em qualquer lugarOs jogos rodam em servidores baseados no hardware do Xbox One S, então você terá a mesma qualidade gráfica da atual geração de consoles. Entretanto, a Microsoft já anunciou que no ano que vem fará um upgrade para o hardware do Xbox Series X, trazendo ao serviço todas as características de seu novo console.Segundo a Microsoft, o Game Pass Ultimate Streaming está disponível nos EUA, em 22 países na Europa e na Coreia do Sul.LunaRecém-anunciado, o serviço da Amazon está disponível em fase de testes (chamado de “acesso antecipado”, e custa US$ 6 mensais pelo pacote Luna+, que oferece um catálogo de jogos que rodam em 1080p a 60 FPS. É possível fazer streaming para até dois dispositivos ao mesmo tempo, e jogar no PC, Mac, Fire TV ou iPhone e iPad (via Web Apps).Entre os títulos iniciais estão Resident Evil 7, Control, Panzer Dragoon, A Plague Tale: Innocence, The Surge 2, Yooka-Laylee, The Impossible Lair and Iconoclasts, GRID, ABZU e Brothers: A Tale of Two Sons. Vale lembrar que a Amazon tem seus próprios estúdios de jogos, então é possível que com o tempo surjam títulos exclusivos para o serviço.Controle do Luna, da Amazon. Design similar ao do Xbox e conexão direta aos servidores. Foto: AmazonAlém do plano Luna+, a Amazon também oferecerá “canais” pagos à parte com jogos de desenvolvedores específicos. O único anunciado até o momento, e ainda sem preço, é um canal com jogos da Ubisoft.A Amazon desenvolveu um controle especial para seu serviço, que tem design similar ao controle do Xbox. Assim como o Stadia Controller, ele se conecta diretamente aos servidores da empresa, o que reduz a latência em “17 a 30 millisegundos” em relação a uma conexão Bluetooth convencional. Obviamente, ele tem integração com a Alexa, a assistente digital da Amazon. Basta pressionar um botão e dizer “Alexa, Play GRID” para entrar no jogo.O controle custa US$ 49,99, mas é opcional. Também é possível jogar com um controle do Xbox One, DualShock 4 ou mouse e teclado.Fonte: The VergeVeja também: Serviço de streaming de vídeo da Samsung chega aos smartphones GalaxyMicrosoft libera streaming de jogos do Xbox One para celulares AndroidStreaming do Xbox não tem suporte a Android TV e Chrome OS

 

Fonte: OlharDigital