Zenfone 7 e 7 Pro: Asus inicia recrutamento para beta do Android 11

No mês passado, a Asus convocou proprietários do Zenfone 6 para utilizarem a versão beta do Android 11, tendo liberado a atualização na semana passada. Agora, a fabricante taiwanesa está realizando esse mesmo procedimento no Zenfone 7 e 7 Pro.
De acordo com uma postagem feita no fórum ZenTalk, o programa beta está aberto para donos do Zenfone 7 (ZS670KS) e Zenfone 7 Pro (ZS671KS) que sejam membros do fórum e que não tenham desbloqueado o smartphone anteriormente, ou seja, feito o desbloqueio do bootloader.
Para que seja possível testar o Android 11, os proprietários terão que se inscrever entre 23 de setembro e 5 de outubro. Abaixo vamos explicar como realizar todo o processo.
Os principais roteadores Wi-fi 6 (6Ghz) AX do mercado
Asus ROG Phone 3 é atualizado com Bypass Charging e patch de segurança de agosto

Zenfone 7 e 7 Pro: como se inscrever no programa de testes do Android 11
Como foi dito anteriormente, a beta do Android 11 estará disponível para o Zenfone 7 e 7 Pro com número de modelo “ZS670KS”e “ZS671KS”, respectivamente.
Além disso, para ter acesso ao programa, o smartphone precisa rodar a última versão estável do firmware, que é a “29.12.18.16”. Veja como se inscrever:
Acesse as configurações do aparelho e depois vá em “Atualização do Sistema”;
Feito isso, toque no ícone de engrenagem posicionado no canto superior direito da tela;
Agora toque sobre a opção “Enroll in Beta Test Program” (“Inscrever-se no Programa de Teste Beta”, em tradução livre);
Leia e concorde com os termos exibidos pela Asus;
Crie uma conta de membro da Asus e entre no programa.

É importante lembrar que estamos falando de uma versão beta do Android 11, ou seja, bugs e instalidades podem surgir durante os testes. Sendo assim, não recomendamos a instalação em seu aparelho de uso diário.
Segundo a própria Asus, “o firmware beta NÃO é compatível com o Google Pay e alguns aplicativos financeiros e não é capaz de instalar a Netflix a partir da Play Store. Observe esta limitação antes de aplicar”.

Fonte: OficinaDaNet